domingo, 23 de Dezembro de 2012

Comissão de Moradores do Bairro das Colónias



Ontem divulgámos a primeira iniciativa em defesa do património do Bairro das Colónias levada a cabo pela respectiva Comissão de Moradores em parceria com o Forum Cidadania LX.

Constituída em 26 de Fevereiro de 2012 por um grupo de vizinhos esta Comissão reuniu tendo elaborado a respectiva acta. 

O atraso da sua divulgação deve-se a problemas com a criação, e cita-se, de «um blogue e uma página de Facebook, que funcionarão como canais de divulgação da Comissão e das suas iniciativas(…)». A ideia de criar um grupo Google não foi para a frente. Esperemos que tudo o mais fique resolvido rapidamente, a bem do nosso bairro.

Devido a este percalço e outros, ainda não solucionados, resolvemos publicar no presente blogue a acta exarada na íntegra, com o intuito de informar os moradores do Bairro das Colónias das intenções e propósitos da Comissão. Assim, ficará à disposição dos vizinhos, moradores ou comerciantes, para informação e desejável adesão a esta iniciativa.

ACTA
No dia 26 de Fevereiro de 2012, reuniram-se no Miradouro do Monte Agudo, em Lisboa, os seguintes moradores do Bairro das Colónias (freguesia de Anjos, Lisboa) para a formação da Comissão de Moradores do Bairro das Colónias:

António Miranda (também em representação de terceiros)
Isaac Almeida
João Silva
Luís Isabelinha (também em representação de terceiros)
Sofia Pereira
Sofia Segurado

Nesta reunião foram tomadas as seguintes deliberações:
Considerou-se formada a «Comissão de Moradores do Bairro das Colónias» cujo objectivo é promover iniciativas que defendam os interesses de moradores e comerciantes do Bairro das Colónias.
Foi decidido criar a plataforma digital de comunicação da Comissão, a ser composta por um blogue e uma página de Facebook, que funcionarão como canais de divulgação da Comissão e das suas iniciativas, e de um grupo de discussão para funcionar como forma de comunicação entre os membros da Comissão. Estas tarefas ficaram a cargo de Luís Isabelinha.
Foi decidido criar um logótipo e outros elementos que formem a identidade gráfica da Comissão. Estes elementos serão posteriormente usados em todas as comunicações e iniciativas da Comissão. O Isaac Almeida ficou encarregado dessa tarefa.
Foi decidido propor à CML a classificação do Bairro como conjunto de interesse municipal (à semelhança do que se passou com o Bairro Azul). Este assunto ficou a cargo do António Miranda, visto ser um trabalho que ele já tem vindo a desenvolver desde antes da criação da Comissão.
Foi decidido realizar uma nova reunião (após estarem concluídas as tarefas dos pontos anteriores) para combinar a estratégia de divulgação da Comissão junto do Bairro e da população em geral. Foi sugerido que se aproveitasse o Dia Europeu dos Vizinhos para organizar um piquenique no Miradouro do Monte Agudo para divulgar a Comissão.
Foi notado que a apresentação de propostas para o Orçamento Participativo da CML vai decorrer este ano até ao final de Abril. Mesmo sem anunciarmos a formação da Comissão podemos avançar desde já com a apresentação de propostas, pois no momento da votação já nos deveremos ter dado a conhecer pelo menos no Bairro, tendo assim uma forte hipótese de ver uma proposta nossa incluída no OP.
Em relação ao grupo de discussão, optei por criar um grupo Google. Para quem não conhece estes grupos, o seu funcionamento é o seguinte: após estarem registados (não é necessário conta Google, basta um email), um membro poderá ver as mensagens do grupo de duas maneiras: recebendo-as por mail ou indo ao site do grupo (esta opção está sempre disponível mesmo quando se escolhe receber os mails). Para enviar mensagens, o membro pode enviá-las directamente para o grupo (para um endereço de mail que está associado ao grupo) ou escrevendo as mensagens no site do grupo.
A escolha de um grupo Google não é definitiva. Para ver como nos damos com este meio, podem-se aproveitar as questões que já estão no ar para fazer um "test drive" ao grupo. Assim sendo, receberão daqui a alguns minutos convites de adesão ao grupo. O registo só pode ser feito através de convite e fica adstrito ao endereço de mail para onde for enviado o convite. Se pretenderem usar outro mail que não este onde receberam esta mensagem, avisem-me para enviar novo convite.
Uma vez registados, podem iniciar discussões com a publicação de uma mensagem. Pela minha parte, publicarei já a seguir algumas para iniciar a discussão sobre os assuntos que merecem a nossa atenção mais imediata, nomeadamente, os elementos gráficos que o Isaac já criou (é verdade, já há logótipo! – deixem a vossa opinião) e as propostas a apresentar para o OP.
E pronto, julgo que é tudo para já. Se tiverem dúvidas sobre o grupo, digam qualquer coisa.
Tenham um bom dia, vizinhos!
Luís Isabelinha

 Enquanto não se desenvolve outro canal de informação, divulgação e partilha, apresentamos desde já o logotipo criado por Isaac Almeida que irá surgir associado à referida comissão. A imagem ideal para um dos mais bonitos bairros da cidade, ainda para mais no seu coração, como a própria morfologia urbana do mesmo sugere.

14 comentários:

  1. Sou moradora no bairro das colónias, que adoro.
    Muitos parabéns pela vossa iniciativa, o logo está giríssimo e o nosso bairro merece destaque e defesa. É um bairro que tem sido injustamente conotado com insegurança, racismo, pobreza e na realidade, falando da minha experiência pessoal (moro aqui há 5 anos) sempre fui bem tratada. Vou seguir-vos e mais uma vez, muitos parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Sara,
      Em primeiro lugar , seja bem-vinda a este blog.
      Quanto à Comissão de Moradores do Bairro das Colónias, a génese pode ter partido de um grupo reduzido, mas é uma iniciativa que, esperamos, passe a ser de todos, porque só assim poderemos fazer alguma coisa de útil em prol do nosso Bairro, na defesa dos seus valores patrimoniais intrínsecos mas também das suas gentes. Moro nele há quase 13 anos e também não partilho dessa opinião generalizada, embora reconheça que há muito a fazer para valorização deste conjunto único. Contamos consigo.
      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Finalmente!!! Boa sorte e contem comigo para tudo o que for preciso! Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Ferrero,
      Esperamos contar com a colaboração de todos quantos se preocupam com a cidade, os seus cidadãos e o seu património. Muito obrigado pelo apoio.
      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Bem vindos ao mundo das Comissões e Associações de Moradores.
    Desde já fica um convite informal, em nome da Associação de Moradores das Avenidas Novas, para um encontro em breve.
    Paulo Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Lopes,
      Obrigado pelas boas vindas e presença neste blog. Conte connosco.
      Cumprimentos

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Caro Júlio,
      Força obtém-se na conjugação do esforço e empenhamento de todos os que neste Bairro vivem, trabalham ou, simplesmente, gostam do seu património edificado. Estamos a dar os primeiros passos, mas estamos convictos de que faremos a diferença. Contamos consigo também.
      Cumprimentos

      Eliminar
  5. Muitos Parabéns do Bairro Irmão! Contem connosco para tudo o que possam necessitar.
    Comissão de Moradores do Bairro Azul

    ResponderEliminar
  6. Caros representantes da Comissão de Moradores do Bairro Azul,
    Muito obrigado pelo vosso apoio e exemplo. Vamos certamente, e muito, precisar da vossa colaboração. Temos muito a aprender convosco. Esta cidade precisa da participação activa dos habitantes dos seus bairros que são, afinal, quem melhor conhece as suas necessidades reais.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Caro anónimo,
    Obrigado pela visita e pela "força". Esperemos consegui-la. Precisamos do contributo de todos quantos estejam interessados em ajudar para obtê-la.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. Excelente ideia. É o meu bairro e já o meus bisavós aí moravam.

    ResponderEliminar
  9. É o bairro mais bonito de Lisboa. E sei do que falo pois os meus bisavós já viviam aqui, na mesma casa onde vivo. E conhece-o desde pequena.

    Tem a arquitectura déco mais típica e a urbanização "à inglesa" com quintaizinhos nas traseira é bem mais segura e bonita que a dos modernos condomínios fechados.

    Só é pena terem destruído tantas escadas de ferro que existiam, nesses prédios. Incluindo no meu.

    Mas ainda existem pequenas mísulas a imitar gárgulas nas portas e as casas têm tectos trabalhados, lindíssimos.

    Engraçado é a burrice das agências de imobiliário atribuírem fraquíssimo valor a esta urbanização.
    Por pura ignorância.

    Mas, desde que com isso não chamem má vizinhança, até é bom para o IMI.

    ResponderEliminar